Inscreva-se na newsletter

Inscreva-se na newsletter de Stellantis Communications e fique atualizado sobre todas as novidades

22 set 2021

“Planting the seeds of our future” Inauguração da Casa 500 e La Pista 500, o manifesto ecológico da FIAT, e a revelação do Novo (500)RED

Em Lingotto, Turim, são inauguradas a Casa 500 e La Pista 500 e o Novo (500)RED faz a sua estreia.

“Planting the seeds of our future”  Inauguração da Casa 500 e La Pista 500, o manifesto ecológico da FIAT, e a revelação do Novo (500)RED
  • Em Lingotto, Turim, são inauguradas a Casa 500 e La Pista 500 e o Novo (500)RED faz a sua estreia
  • Casa 500: não apenas um museu, mas também uma viagem para o futuro, inspirada pelas raízes do ícone. A cultura e a história de um país entrelaçadas com as do 500, tudo num cenário de "criatividade sustentável"
  • La Pista 500: mais de 40.000 plantas para o maior jardim suspenso da Europa, criado na icónica pista de Lingotto. Um caminho ecológico de espécies nativas, um pulmão verde para a cidade de Turim, agora aberto a todos
  • O Novo (500)RED - totalmente elétrico e apenas elétrico - é o primeiro automóvel (RED) com a mensagem partilhada de "proteger o planeta e a sua gente"
  • A FIAT, junto com a Jeep e a RAM estão com a (RED), chamadas a responder ao apelo de luta global contra as pandemias através do lançamento de uma edição especial de modelos (RED), ajudando a angariar mais de 4 milhões de dólares ao longo dos próximos três anos.
  • Participaram na cerimónia John Elkann, Chairman da Stellantis; Ginevra Elkann, Chairwoman da Pinacoteca Agnelli; e Olivier François, CEO da FIAT e CMO da Stellantis. Bono, co-fundador da (RED), esteve presente para o anúncio da parceria da Stellantis com a (RED) e para o lançamento do (500)RED.
  • O vídeo do evento pode ser visto aqui.

 

A inauguração da Casa 500 e La Pista 500 acaba de terminar em Lingotto, em Turim. O grande evento presenciou, igualmente, a revelação do Novo (500)RED, o primeiro automóvel (RED) e o resultado da parceria com a (RED).

A cerimónia contou com a presença de:

John Elkann, Chairman, Stellantis;

Olivier François, CEO da FIAT e CMO da Stellantis;

Ginevra Elkann, Chairwoman, Pinacoteca Agnelli

e Bono, co-fundador da (RED)

John Elkann, Chairman da Stellantis, referiu: “Turim conta agora com um novo museu, focado num verdadeiro ícone italiano como o Fiat 500, e um novo jardim, aberto a todos, que proporciona uma experiência única aos habitantes e visitantes da nossa cidade. Os investimentos feitos em matéria de eletricidade em Mirafiori e a transformação ‘verde’ em Lingotto são sinais do compromisso da Stellantis: liderar, com confiança, as alterações que o setor automóvel está a enfrentar, de modo a oferecer a todos os benefícios de uma mobilidade sustentável e inovadora”.

Olivier François, CEO da FIAT e CMO da Stellantis, declarou: "Hoje iniciamos um novo capítulo na história de Lingotto. Sempre foi um porta-estandarte na história da Fiat e é aqui mesmo que estamos a plantar as sementes do nosso futuro: a Casa 500, o novo museu dedicado ao ícone mais amado da Fiat e La Pista 500, o maior jardim suspenso da Europa. Um novo espaço verde que está aberto a todos. Fazemos, também, a estreia mundial do Novo (500)RED, o primeiro automóvel (RED) do mundo.”

A Casa 500 não é apenas um museu automóvel convencional, pois relata a cultura e a história de Itália e de Turim. É, igualmente, uma viagem que projeta as raízes da Fiat para o futuro. O 500 não é apenas tecnologia, baterias e ecrãs brilhantes; representa, também, o ‘design’ Italiano, a Dolce Vita e o espírito Italiano. E é exatamente isso que colocámos no nosso novo museu.”

La Pista 500 é o maior jardim no topo de um edifício na Europa e a decisão de o colocar na cobertura de uma fábrica do início do século XX tem para nós um valor profundamente simbólico: um lugar que, há cem anos, era por definição uma fonte de poluição, com uma pista de ensaios que outrora era secreta e inacessível, é agora um jardim que se abre a toda a população da cidade de Turim. Isto sublinha o facto de que o nosso objetivo não é apenas comercializar automóveis: a nossa nova viagem tem também a ver com o cuidado e a atenção ao clima, à comunidade e à cultura.”

Hoje, Bono e eu fazemos, também, a estreia mundial do Novo (500)RED. A missão deste automóvel é proteger tanto o planeta como as pessoas: é elétrico para respeitar o ambiente e dar um contributo para um futuro mais sustentável. Essa missão vai agora ainda mais longe em conjunto com a (RED). Juntos, queremos combater as pandemias e esta é a dupla mensagem que pretendemos transmitir ao mundo".

François acrescentou ainda: "Este mês, estou muito orgulhoso de estar a celebrar o meu 10º aniversário aos comandos da FIAT: 10 anos extremamente desafiantes. Mas estamos a celebrar com um grande resultado: a FIAT é atualmente a marca líder da Stellantis em termos de volume de vendas, com 1 milhão de veículos vendidos até ao momento em 2021. Isto, mais o poder e recursos extra da Stellantis, permite-nos olhar para o futuro com otimismo. De facto, a partir de 2023, a FIAT revelará pelo menos um novo modelo todos os anos e cada um deles terá, também, uma versão totalmente elétrica".

Ginevra Elkann afirmou: “Lingotto é um lugar mágico, um símbolo da industrialização de Itália que tem evoluído ao longo dos tempos, para responder às novas necessidades. Há alguns anos, quando a produção terminou, o projeto de Renzo Piano deu-lhe uma nova missão e abriu-o às pessoas de Turim, incluindo espaços dedicados criados para a Coleção de Arte de Giovanni e Marella Agnelli: uma arca de tesouro especial criada para partilhar com a cidade a paixão dos Agnelli pela arte. Hoje, neste recomeço, Lingotto volta a ligar-se à sua identidade original: celebra o passado e projeta essa herança numa nova visão do futuro. Através da Pinacoteca, Casa 500 e La Pista 500, o enorme jardim suspenso desenhado para receber exposições de obras de arte, Lingotto partilha uma visão de futuro inclusiva e sustentável, bem como um diálogo rico com os mundos da arte e do ambiente”.

Bono, co-fundador da (RED), declarou: "Esta parceria com a FIAT, Jeep e RAM representa uma grande injeção na luta da (RED) contra as pandemias e a complacência que as alimenta. É difícil acreditar que, 15 anos após a fundação da (RED), estamos a combater outro vírus… mas é ainda mais difícil ver que o vírus da injustiça que marcou a pandemia da SIDA está vivo e de boa saúde durante a COVID. Menos de 5% das pessoas em África estão totalmente vacinadas, quando as vacinas são abundantes na Europa e na América. Temos de fazer mais, e mais rapidamente, para apoiar as centenas de milhões de pessoas que ainda não têm acesso às vacinas, tratamentos ou equipamentos de proteção individual suficientes. Porque se esta pandemia não for eliminada em todo o lado, ninguém estará seguro em lugar algum".

Bono disse ainda: "Este é o momento certo para a (RED). Temos uma das empresas de automóveis mais icónicas do mundo a dizer que quer ajudar a eliminar a COVID-19 da face do planeta, e com o Novo (500)RED não precisarão sequer de gasolina para o fazer. A FIAT quer ser o mais 'verde' possível tornando-se (RED) e isso é um motivo de celebração".

Jennifer Lotito, Presidente & Chief Operating Officer da (RED), afirmou: “Este é o 15º ano da (RED) e não podíamos estar mais orgulhosos com o lançamento desta estimulante parceria a vários anos. A escala global e a energia criativa que irão gerar na luta contra a COVID e a SIDA são exatamente o que precisávamos para nos ajudar a combater o seu impacto devastador em tantos milhões de pessoas. Estamos enormemente gratos às imensas equipas que tornaram este lançamento - e o seu futuro impacto - possível”.

Casa 500 - O futuro inspirado pelas origens. O passado, presente e futuro de 3 gerações do 500, através da cultura de um país e da história de uma cidade

A Casa 500 é um novo espaço de exposição que faz parte do complexo museológico da Pinacoteca Agnelli, presidido por Ginevra Elkann. Um itinerário imersivo que cobre mais de 700 m2, e que atua sobre as memórias, emoções e sonhos para reconstituir a cultura e a história de um país e de uma cidade, entrelaçada com a história do 500. Muito mais do que um museu automóvel, a Casa 500 conta o futuro da marca FIAT, partindo das suas raízes, aquelas que são de facto a inspiração para o futuro. O fio comum é a metamorfose do FIAT 500 ao longo das suas três gerações, um modelo que fez história na indústria automóvel e que sempre inspirou novas formas de pensar e viver. Um ícone do nosso tempo cuja evolução transmite a cultura de um país e a história da sua cidade.

Localizada no 4º andar da Pinacoteca Agnelli e com vista direta para a pista de Lingotto, a Casa 500 é um espaço de exposição aberto, banhado em luz e ligado à pista nos seus quatro lados pelas suas grandes janelas. A Casa 500 é também um local onde o respeito pelo ambiente é o mantra que inspirou a criação de todos os espaços e materiais escolhidos para as instalações e que seguem o princípio resumido no conceito de "Reutilizar, Reduzir, Reciclar": madeira reciclada para as mesas, plataformas e portas; painéis que absorvem os componentes voláteis do ar; mobiliário reutilizado ou produtos com plásticos recuperados do mar, como os bancos traseiros com fio Seaqual®; e tintas antibacterianas amigas do ambiente. A exposição Casa 500 é apresentada em torno de uma árvore central altamente simbólica, também feita de madeira reciclada. Uma árvore que representa a continuidade da história, entre as raízes - o passado - e o futuro. Ao pé da árvore, a maquete do lendário Fiat 500 de 1957 e um Novo (500)RED, a mais recente adição à gama do Novo 500.

A exposição está dividida em 8 áreas temáticas.

Estas começam com o tema Legacy, um espaço imersivo de fotografias e vídeos, onde os visitantes são conduzidos de volta ao início da viagem, em 1957: o futuro está à mão e o mundo está lá para ser conquistado a bordo das três gerações do 500, criadas com o engenho e a paixão de talentos visionários.

Segue-se a área Made of Italy, não apenas uma coleção de objetos, mas uma afirmação de estilo. Doze produtos industriais que, tal como o 500, se afirmaram graças ao seu design Italiano que combinou beleza com funcionalidade. Uma viagem pelo tempo e pela criatividade, são objetos da vida quotidiana que se tornaram ícones no inconsciente coletivo, inspirando formas de pensar e de viver. Nesta área, eles estão divididos em três espaços: Boom, Ego e Ethical.

Boom remonta aos anos 50, celebrados através de Fellini na sua La dolce vita. O espaço fala de um país em completa transformação, um país em busca de novas oportunidades. As grandes empresas estão a transformar-se, enquanto as mais pequenas confiam na flexibilidade e no trabalho artesanal. E o desenvolvimento económico resultante é impulsionado pela criatividade Italiana.

Com um salto em frente de mais de meio século, chegamos ao espaço Ego e à primeira década do novo milénio. Os meios de comunicação estão em transformação, com a chegada da Internet, telemóveis, correio eletrónico e imagens digitais. A necessidade de personalização é, portanto, forte, para afirmar uma individualidade que permaneceu latente.

Ethical é a secção centrada na década atual: um período de grandes inovações tecnológicas, mas também de redescoberta de valores primordiais como a solidariedade e o respeito pelo ambiente, postos em causa por conflitos, interesses económicos, alterações climáticas e pandemias. 2021 é também o ano do grupo Stellantis, criado para dar novo ímpeto à indústria automóvel. E, na sua essência, a marca FIAT continua a expressar valores absolutos de singularidade e qualidade.

A área Social relevance cobre a história empolgante do 500, tal como contada nas três áreas anteriores: Boom, o crescimento económico do pós-guerra que impulsionou o consumo em massa; Ego, o 500 de 2007, o grande nome do novo milénio digital, graças às suas infinitas opções de personalização; Ethical, o futuro a partir de 2020, com o Novo 500 totalmente elétrico a levar todos para a próxima era de mobilidade.

Pensada para os fãs da história da comunicação encontra-se a imperdível área Poster Collection, com 12 cartazes e imagens publicitárias do primeiro 500, um ícone da democratização dos automóveis em Itália. As imagens reproduzidas respiram a atmosfera positiva desses anos, com as famílias no seu tempo livre e no seu dia-a-dia. Com muitas mulheres ao volante: o pequeno carro torna-se, igualmente, o símbolo da emancipação da mulher, bem como um sinónimo de liberdade e mobilidade democrática.

3 Generations é a área de comparação. Duas inestimáveis cápsulas de tempo que contam a história visual da evolução do 500 e das suas três encarnações. Uma evolução, das três gerações do 500, que se manteve sempre fiel a si mesmo, sem nunca perder o carisma da modernidade. As paredes incluem uma exposição de uma secção transversal da carroçaria de um modelo real de 1957. Ao seu lado estão alguns componentes do 500 de 2007: jantes, faróis dianteiros e traseiros, volante, painel de instrumentos com infotainment e espelho.

Componentes industriais, partes do singular 500, mas agora imediatamente reconhecíveis pelo seu design, funcionalidade e integração. Mais adiante, os mesmos componentes, mas desta vez retirados do Novo 500, totalmente elétrico, de 2020: inovação, funcionalidade, design e tecnologia, tudo de acordo com o caráter do 500.

Dois ecrãs multimédia compõem o Digital Counter. Uma área interativa com o portfólio de um ícone contemporâneo: entrevistas, materiais de comunicação, eventos e prémios, fazendo do Fiat 500 uma estrela internacional.

Por último, mas não menos importante, entramos na área Foreseeing the Future. Nesta área, retratamos a história do passado, presente e futuro, contra o pano de fundo de Lingotto, cujo rosto mudou radicalmente várias vezes. Originalmente uma fábrica de automóveis, depois inevitavelmente com acesso limitado, uma fábrica onde o trabalho manual era o foco da sua existência. Seguida nos anos 90 pelo primeiro grande passo, de um local "inacessível" que guardava os seus segredos industriais, para um de encontros sociais, um centro comercial multifuncional. E agora uma nova transformação, um espaço museológico e ecológico centrado na nova mobilidade sustentável, aberto ao público e concebido para a comunidade.

Por último, a Casa 500 acolherá, também, a exposição temporária "Green Obsession" dedicada ao conceito de design de Stefano Boeri Architetti que sempre se voltou para a coexistência da natureza viva com o ambiente construído e que inspirou a visão da cidade do futuro, na qual o recente lançamento do 500 elétrico foi realizado. A exposição consiste numa sequência de vídeos da Floresta Vertical de Milão: um edifício emblemático, retratado ao longo dos anos e das estações, e que se tornou num novo modelo de arquitetura sustentável. O vídeo é transmitido ao lado de quatro modelos de edifícios à escala 1:50 - atualmente em construção - concebidos segundo essa prática, em todo o mundo, seguindo o protótipo Milanês: desde a Floresta Vertical de Trudo em Eindhoven, a primeira a ser realizada para habitação social e agora concluída, até ao complexo Wonderwoods em Utrecht, e desde a Torre dos Cedros em Lausanne até à Floresta Vertical de Tirana. A instalação dialoga com o contexto único e evocativo de Lingotto e faz parte da história da união entre inovação e continuidade que a própria Casa 500 representa.

A Casa 500 foi concebida pela equipa do Lab71 architetti, liderada por Massimiliano Gotti Porcinari.

La Pista 500, Sky Garden

Mais de 40.000 plantas no maior jardim suspenso da Europa

Uma sucessão de flores e cores de acordo com as estações do ano, jogos de folhagem, luz e sombra, espaços cheios e vazios, aromas infundidos no ar. O sumptuoso jardim La Pista 500 é tudo isto, criado onde os carros produzidos na fábrica de Lingotto foram outrora testados. 

O jardim é uma grande injeção da natureza na cidade, um exemplo de arquitetura verde construída num edifício simbólico para Turim e na sua história, agora aberto a todos os seus cidadãos, como uma fuga da metrópole que os rodeia. La Pista 500 foi criado como um espaço para todos.

Mas o projeto La Pista 500 embarca também numa nova estrada de arqueologia industrial, dando um exemplo de cultura naturalista, trazendo os mais recentes valores ambientais: desde a ecologia e poupança energética até à componente social.

Um trabalho do arquiteto Benedetto Camerana - assistido na vertente botânica por Cristiana Ruspa, especialista da firma Giardino Segreto - o projeto desenvolve-se ao longo de todo o anel de 1,2 km, mas não se satisfaz com a mera criação de um jardim a 28 metros de altura. De facto, a história do local é salvaguardada e retrabalhada: a pista do passado foi agora revitalizada, exclusivamente para veículos movidos a eletricidade, bem como para bicicletas e scooters. É única no seu estilo.

Concebida em áreas temáticas tal como os jardins Baroque, esta versão moderna propõe novos espaços, cada um diferente do seguinte: desde a meditação e o yoga, uma pista de corrida e uma área de fitness, a infografias sobre a paisagem e monumentos da cidade, e espaços de arte partilhada com a Pinacoteca Agnelli. Atualmente em exposição nesta última está uma antevisão de 9 esculturas de grande dimensão de alguns dos maiores escultores do século XX, como amostra para a exposição temporária "The Maeght Foundation: a studio in the open air", na Pinacoteca Agnelli a partir de 15 de outubro.

Para além destas zonas, cinco áreas temáticas, divididas, por sua vez, por espécies botânicas nativas: “hazelnut grove”, “educational and dye plants”, “kitchen garden”, “herbaceous borders” e “meditation”.

Num mundo que redescobre o valor da natureza, não devemos deixar para trás o que as plantas podem fazer pelas pessoas, a começar pela capacidade de fornecer alimento, ou de ajudar na meditação, como no caso das plantas aromáticas. Estas últimas foram especialmente concebidas pelo Grupo Zegna, um parceiro da FIAT e uma grande empresa produtora que presta especial atenção à proteção do ambiente. Em 1993, fundou o Oasi Zegna, um parque natural que cobre 100 km² nos Alpes de Biella.

O jardim em detalhe

O jardim apresenta-se como um parque moderno e linear, com 28 grandes ilhas que cobrem pouco mais de 7.000 m2 da área total de 27.000. Acolhe mais de 40.000 espécimes de 300 espécies e variedades de plantas, selecionadas segundo critérios ecológicos: alguns são retirados da região do Piemonte e áreas vizinhas, dispostos de acordo com variações sazonais de cor. Estas são na sua maioria plantas herbáceas perenes, plantas que crescem muito rapidamente e com um elevado rendimento. Basta pensar nas pastagens alpinas que florescem espontaneamente numa profusão de flores, texturas e diferentes volumes, assim que a neve derrete.

Para as cultivar, foram adotadas novas técnicas conceptuais para reduzir drasticamente o consumo de água e a utilização de fertilizantes; esta decisão foi também ditada por critérios de sustentabilidade. Apenas alguns meses depois, o jardim já é habitado por inúmeras espécies de borboletas e escaravelhos: uma verdadeira injeção de biodiversidade.

A "hazelnut grove", a aveleira, é dotada de uma área temática própria. A região do Piemonte é rica em avelãs, arbustos decíduos com folhagem vermelho-púrpura, que crescem muito rapidamente em todos os solos, mesmo secos, pobres e calcários. Esta planta frugal e nobre é utilizada para produzir o famoso creme de gianduia, à base de chocolate e de avelãs.

A "educational area" abriga espécies tintoriais. Outrora a única forma de colorir o tecido, os corantes naturais estão agora a voltar a estar na moda pelas suas propriedades ecológicas e criativas. Cada planta tem a sua própria relação com o solo e com a luz, resultando em tonalidades originais.

Uma lição de jardinagem a partir da área temática "kitchen garden": estas espécies precisam de terra bem drenada com areia e pedra britada e apenas um pouco de irrigação no verão. Uma vez plantadas e concluído o período inicial de recuperação, habituam-se a não serem regadas e tornam-se cada vez mais resistentes a doenças e pragas.

Na área "herbaceous shrubs", os arbustos herbáceos, o jogo de cores e volumes que se sucedem à medida que as estações do ano mudam, superam, inclusivamente, o das flores. Na sua própria área dedicada, o barulho do vento entre as folhas e as geometrias dos ramos agitados pelo ar acrescenta uma nota extra de bem-estar.

A zona "meditation" não é apenas uma questão de contemplação, mas uma questão de harmonia interior. Para além das nuances inesperadas e das geometrias multifacetadas formadas pelos ramos e folhas entre uma e outra lufada de vento, o cheiro das aromáticas também induz relaxamento e coloca as pessoas e a natureza em contato profundo.

Família (500)RED  – (RED)EFINIR O FUTURO E SALVAR VIDAS

A FIAT, Jeep e a RAM estabeleceram uma parceria com a (RED), comprometendo-se com um mínimo de 4 milhões de dólares, entre 2021 e 2023, para apoiar o trabalho crítico do Global Fund no combate às pandemias, incluindo a SIDA e a COVID-19. A partir de hoje, cada veículo (FIAT)RED adquirido, da série especial (500)RED, é o mais ético e significativo até agora.

A (RED) foi fundada em 2006 para reunir empresas e pessoas em torno da luta para acabar com a SIDA. Hoje, a (RED) luta contra duas pandemias, a da SIDA e a da COVID-19, e gerou quase 700 milhões de dólares para o Global Fund. Com este montante mais de 220 milhões de pessoas foram apoiadas e o montante comprometido pela Stellantis irá financiar mais programas de salvamento de vidas onde estes são mais necessários. Ao associar-se à (RED), a Stellantis está a juntar-se à luta contra as pandemias e a dar aos seus clientes uma forma de se juntarem a eles também.

Novo (500)RED

O Novo (500)RED é o herói da noite, criado em colaboração entre a FIAT e a (RED) com uma mensagem partilhada para cuidar do ambiente, do planeta e da suas pessoas.

Da crença de que todos nós podemos desempenhar o nosso papel na luta contra as pandemias e que cada um de nós pode, portanto, liderar a mudança, vem uma decisão invulgar no panorama automóvel, de ter o lugar do condutor de uma cor - vermelho - com os outros três lugares de passageiros em preto. Uma provocação, uma mensagem, um convite: estar "pronto" para se sentar no lugar do condutor da mudança. Para aqueles que preferem uniformidade de cor, o modelo está também disponível com os bancos todos em preto e o logo (500)RED contrastante, ou todos em vermelho com um logo preto.

O objetivo da FIAT é transmitir a mensagem (RED) a um público o mais vasto possível, pelo que a série especial está agora disponível em toda a Família 500: o Novo (500)RED, (500)RED, (500X)RED e (500L)RED (este último não disponível em Portugal) assumirão, portanto, a cor vermelha como marca distintiva, tanto no exterior (desde a carroçaria e logótipos até às tampas dos espelhos e elementos de design nas jantes de liga leve), como no interior (painel de instrumentos, detalhes de design nos tapetes, e os assentos exclusivos feitos com fio Seaqual®, derivados de plásticos recuperados dos oceanos, com a assinatura FIAT e o logótipo (500)RED no encosto). O vermelho não será a única cor da série especial (RED); a paleta de cores da carroçaria inclui outras tonalidades específicas para cada modelo.

Todos os modelos da família (500)RED estão equipados com um filtro de ar tratado com uma substância biocida altamente eficaz (>99,9%) contra vírus e bactérias, o que pode parar a sua re-aerossolização no interior do compartimento de passageiros. Além disso, as superfícies de alguns dos componentes interiores com que os clientes mais entram em contacto, tais como o volante, os bancos e o interior do porta-bagagens, foram submetidos a um tratamento antimicrobiano altamente eficaz (até 99,9% dependendo dos componentes) contra vírus e bactérias, para que os clientes se sintam mais seguros a bordo.

Cada automóvel da Família (500)RED está equipado com um Kit de Boas-vindas, incluindo um doseador de higienizador de mãos e uma capa específica de chave para um toque final de personalização. No mesmo kit, os novos clientes (500)RED encontrarão também uma carta exclusiva assinada por Olivier François e Bono, dando-lhes as boas-vindas à comunidade (RED).

O Novo (500)RED inclui também outras características que o tornam imediatamente reconhecível, começando com o logótipo 500 na frente e o logótipo FIAT na porta traseira, agora em vermelho pela primeira vez como uma homenagem à (RED). O emblema específico na base da janela traseira e o logótipo 500 colocado ao meio do volante premium com estofos Soft Touch servem como lembretes adicionais da parceria.

Para além do novo e exclusivo Vermelho by (RED), o modelo está, também, disponível em Cinzento Mineral, Branco Ice e Preto Onyx. Outro toque atípico (RED) é o pedal do acelerador em alumínio anodizado vermelho, disponível em combinação com a configuração do interior com bancos de passageiros em preto e o banco do condutor em vermelho.

O Novo (500)RED está disponível em duas variantes de carroçaria: berlina e descapotável com capota preta, e com dois níveis de autonomia: um com motor elétrico de 70 kW (95 cv) e alcance de até 190 km (ciclo WLTP); e outro com motor elétrico de 87 kW (118 cv) e com uma autonomia de até 320 km (ciclo WLTP) (este último não disponível em Portugal).

O (500)RED baseia-se na versão Dolcevita e, juntamente com as características partilhadas por toda a Família (500)RED, apresenta o logótipo (500)RED em ambos os pilares. O (500)RED Hybrid está disponível em Cinzento Pompeii, Branco Gelato e Preto Cinema, bem como em Vermelho Passione, claro.

Esta versão é também embelezada com elementos de design cromados na secção frontal, grelha e puxadores de porta, no que diz respeito ao infotainment, está equipado com um sistema multimédia com ecrã tátil de 7" com Apple CarPlay™ e Android Auto™, e jantes de liga leve de 15 ou 16".

Disponível em versão berlina com teto panorâmico em vidro e como descapotável com capota preta, está equipado com um motor Mild Hybrid de 1.0 litros de 70 cv.

O (500X)RED é baseado na versão Cross e está disponível tanto na versão berlina como em configuração a "céu aberto" graças à capota preta Dolcevita. O logótipo (500)RED surge nos pilares da porta frontal, para complementar os detalhes de design partilhados com toda a série especial (RED). Para além do Vermelho Passione, a paleta de cores inclui os tons Cinzento Moda, Branco Gelato e Preto Cinema, todos com complementos de design em vermelho. Os interiores apresentam uma elegante tonalidade escura e os assentos pretos são embelezados com acabamentos em vermelho e costuras na mesma cor no apoio de braço. A conectividade é garantida pelo sistema Uconnect com um ecrã tátil de 7" com Apple CarPlay™, Android Auto™, e jantes de liga leve de 19". As especificações são completadas com sensores de estacionamento e de luz, faróis de nevoeiro e ar condicionado automático.

O modelo está disponível com dois motores a gasolina da família FireFly - 1.0 litros de 120 cv e 1.3 litros de 150 cv - e dois motores Multijet Diesel, 1.3 litros de 95 cavalos e 1.6 litros de 130 cv (este último não disponível em Portugal).

Por último, mas não menos importante, o (500L)RED – não disponível em Portugal - ostenta a assinatura desta colaboração nos pilares das portas da frente. Para além do Vermelho Passione, a paleta de cores inclui, igualmente, os tons Cinzento Moda, Branco Gelato e Preto Cinema, e todos eles também podem ser encomendados com o teto em preto, como opcional. As jantes estão, igualmente, disponíveis em dois tamanhos - 16" e 17" - e as especificações são complementadas com o ar condicionado automático, os sensores de chuva e de luz, bem como com o regulador de velocidade com limitador. O modelo está disponível com motores 1.4 litros a gasolina com 95 cavalos e 1.3 litros turbodiesel Multijet de 95 cavalos, sendo que ambos respeitam a norma Euro 6D-Final.

Scooter elétrica (500 Iride)RED

A Família (500)RED oferece ainda uma opção extra, desta vez não uma nova característica ou elemento de design, mas sim um sistema de mobilidade complementar que também torna as deslocações "last mile" sustentáveis. Em conjunto com a série especial, a (500 Iride)RED está igualmente disponível, produzida pela Mopar. "500 Iride", uma designação que é inspirada nos icónicos faróis redondos do 500, é uma solução sustentável para os viajantes regulares: concebida para caber perfeitamente na bagageira do 500, a scooter elétrica proporcionará uma mobilidade sustentável e confortável, mesmo na última etapa da viagem até ao coração da cidade.

A scooter elétrica "500 Iride" é dobrável e pesa 15 kg, tornando-a fácil de transportar para qualquer lugar. Tem um alcance de até 30 km, uma velocidade máxima de 25 km/h e carrega em apenas 4,5 horas, com o carregador doméstico incluído. Além disso, a aplicação dedicada pode ser utilizada para visualizar informações e gerir configurações e partilha direta a partir do seu smartphone.

*A velocidade máxima pode variar de país para país, dependendo da regulamentação local.

“Planting the seeds of our future” – Um evento com reduzido impacto ambiental

Em linha com todo o projeto, até mesmo o evento de lançamento foi concebido e produzido com o menor impacto ambiental possível, bem como para satisfazer critérios de sustentabilidade. Em conjunto com a Legambiente, a Ecoevents concedeu-lhe a certificação de um "evento sustentável de emissões reduzidas", tornado possível pelo compromisso de cumprir os critérios de "Reduzir, Reciclar, Reutilizar", selecionando instalações e técnicas reutilizadas, bem como os materiais, tanto relacionados com as comunicações do evento, como os fornecidos aos convidados, impressos em suportes reciclados. Mas isso não é tudo. Os materiais foram transportados utilizando veículos elétricos e os fornecedores foram selecionados com base na proximidade do local do evento.

Foi também dada atenção à logística dos convidados, utilizando os shuttles elétricos do Grupo Stellantis disponibilizados pela Leasys. Um serviço de transporte também foi fornecido de e para os aeroportos pela LeasysGO!, o sistema de fluxo livre de partilha de carros elétricos ecológicos, especificamente para o Novo 500, disponível em Turim, Milão e Roma. Por último, mas não menos importante, os hotéis do evento foram escolhidos pela certificação das suas comodidades e serviços como sendo de baixo impacto ambiental. Um passo adicional, coerente e concreto no sentido de contribuir para um futuro melhor. Porque todos e cada um de nós pode liderar a mudança.

A campanha de comunicação (500)RED

A campanha de comunicação para o Novo (500)RED inclui um vídeo e um anúncio publicitário. Intitulado (RED)UCE, o vídeo é um anúncio impressionante e visualmente provocante que mostra tudo o que o Novo (500)RED tem para oferecer. Tirando partido da ligação conceptual com (RED)UCE, o vídeo destaca a responsabilidade social do automóvel em termos de proteção do ambiente e combate a pandemias.

Encoraja potenciais clientes a tornarem-se parte da mudança, culminando no slogan "Made for the Planet, Made for its People". Concebido pela agência Migrante, o vídeo foi realizado pela produtora Buddy e foi dirigido por Leonardo Ricagni.

Por outro lado, o anúncio baseia-se no conceito do cuidado. Quando pensamos no 500, não tendemos a considerá-lo como um carro de família. Mesmo assim, e mais do que qualquer outro carro, o Novo (500)RED cuida da família, a maior que existe e aquela a que todos nós pertencemos. Como as palavras da campanha afirmam: "Feito para o planeta. Feito para as suas pessoas".

É exatamente este o conceito expresso pelo novo clip, numa voz-off que pergunta: "Quantas pessoas podem caber num carro tão pequeno?" A resposta está acima de tudo na vertente visual. Um número cada vez maior de pessoas, de todos os tipos e de todo o mundo, são vistas a aproximarem-se do carro como se cada uma delas estivesse prestes a entrar. Metaforicamente, o mundo inteiro, para que este automóvel nos leve a todos a um futuro melhor.

Idealizado pela agência Leo Burnett, o vídeo foi feito pela produtora Buddy Film e dirigido por Federico Brugia.

Sobre a (RED)

A (RED), designada pela cor da emergência, foi fundada por Bono e Bobby Shriver em 2006 para transformar as empresas numa unidade de combate à pandemia da SIDA. Hoje, essa força está também a combater a ameaça urgente da COVID e o seu impacto devastador nas comunidades mais vulneráveis do mundo, respondendo à necessidade de uma resposta verdadeiramente global.

A (RED) faz parcerias com as marcas e pessoas mais icónicas para criar produtos e experiências (RED) - todos eles angariando fundos para o Global Fund, um dos maiores financiadores mundiais de saúde global. Os parceiros (RED) incluem: Amazon, Anova Culinary, Apple, Balmain, Bank of America, Beats by Dr. Dre, Buffalo Games, Claro, eos, Girl Skateboards, The Honey Pot Co., Louis Vuitton, Mavin Records, Montblanc, Primark, Salesforce, Starbucks, Stellantis, Telcel, Therabody, TRUFF, U-Mask e Vespa. Os apoiantes da (RED) incluem: Merck e Roche.

Até à data, a (RED) gerou cerca de 700 milhões de dólares para o Global Fund, ajudando mais de 220 milhões de pessoas. O dinheiro angariado pelos parceiros e campanhas da (RED) é encaminhado para o reforço dos sistemas de saúde e para apoiar programas de salvamento de vidas nas comunidades onde as pandemias atingem com maior intensidade.

Portela, 22 de setembro de 2021

 

Inscreva-se na newsletter.

INSCREVA-SE AGORA